Brasil: Do P&B às cores

Pode parecer brincadeira, mas com certeza esse é um dos posts que mais tive dificuldade de escrever. Por que? Porque eu não sei o que eu deveria falar sobre o nosso país, que vocês não saibam e talvez conheçam tão mais que eu, mas também porque esse é meu último post n’O Bagageiro e eu não gosto de despedidas.

yoo baby crying Continuar lendo

Mostra as tuas caras!

E parece que foi ontem que eu tava aqui te apresentando a Austrália, no post número um d’O Bagageiro. Outros quatro países e continentes depois, como nos despedir de vocês, que nos acompanharam durante essa nossa ~volta ao mundo em um semestre?

A saída mais óbvia era também a mais simples – e a mais interessante, vamos combinar: BRASIL-SIL-SIL! E é por isso que na nossa última semana tu vais conhecer muito mais sobre esse nosso país ou, por que não, sobre os nossos brasis. Sim, porque eles são vários, e a partir de hoje a gente vai te mostrar um pouquinho do que tu já conheces, mas também de algumas outras coisas que, eu aposto, te passam despercebidas!

giphy (1)

(Aqui para matar as saudades do Canadá, da Coreia do Sul, da Irlanda e da África do Sul)

Continuar lendo

Passageiros do Maranhão e de Minas Gerais com destino à Coreia

Sábado de sol, aluguei um caminhERROR. Não rolou de levar a galera pra comer feijão? Traz todo mundo pra cá que hoje O Bagageiro tá rico, tá fino, tá ~interestadual. Vais conhecer o André Luiz, o Eddie, colega sem fronteiras, 21 anos, mineirin lá de Janaúba e que passou um ano estudando em Pohang. O nosso segundo mochileiro vem do Maranhão e é o divo, o internacional, o Carlos Henrique – que tu certamente conheces como DJ Masa. O cara passou uma semaninha na Coreia, mas que tá assim de história pra contar pra gente. (e tu não acreditaste quando eu disse que estávamos finos, ricos e interestaduais, né!)

CH à esquerda, Eddie à direita.

CH à esquerda; Eddie à direita.

Continuar lendo