Leitura pra guardar na bagagem e no coração

Mas que tarefa difícil foi essa que eu escolhi, hein? Último texto d’O Bagageiro. Então mais do que a dica de hoje, tu poderás também acompanhar a aventura que é dizer adeus a um dos projetos mais legais que eu já tive oportunidade de participar. Mas continua lendo pra descobrir se eu consigo terminar esse texto sem chorar.

Além de ser o último texto (ai, meu deus, uma lágrima), o post de hoje é ainda mais especial porque eu finalmente fiquei com uma das editorias que eu mais gosto: hoje é dia de Pra Ler.

E se é pra falar de literatura brasileira, melhor que ela seja sobre uma das coisas que nós mais amamos: viajar. E é aí que entra a minha dica de hoje: Martha Medeiros.

Conheci essa autora sulista na minha adolescência e foi uma das poucas que permaneceram na minha estante até hoje. Tenho uns 3 livros dela e muita vontade de comprar todos os outros 33 que ela já lançou. Suas primeiras obras eram todas de poesia, até que em 1995 ela lançou seu primeiro livro de crônicas, o ‘Geração Bivolt’. Aí depois vieram os livros de romance e de contos também. Atualmente ela é colunista dos jornais Zero Hora de Porto Alegre e O Globo, do Rio.

Mas o que ela tem em comum com esse maravilhoso blog? Martha também compartilha da nossa paixão, que é viajar. E foi a partir disso que então resolveu escrever o livro “Um Lugar na Janela”, onde estão reunidas crônicas sobre as mais diversas viagens que Martha já realizou pelo mundo.

Chile, Grécia, Japão, Marrocos e Peru são só alguns dos lugares visitados pela autora e relatados em 19 crônicas ao longo do livro, que foi lançado em outubro de 2012. É um livro muito interessante, tanto pelo assunto quanto pela facilidade da leitura. Inclusive acabei encontrando o “pré-embarque” dele disponível no site da Folha de São Paulo. Nessa introdução do livro, Martha conta como surgiu a ideia dele e de como viajar sempre esteve no seu DNA. Só clicar aqui e saborear a leitura.

Assim como a leitura desse livro, ter ajudado a construir esse blog foi um imenso prazer. Quem diria que um projeto feito pra uma disciplina se tornaria assim tão grande? E eu não falo de reconhecimento ou popularidade – que diga-se de passagem foi maior do que a gente esperava. Mas falo da importância que ele tomou pra cada um da equipe O Bagageiro, que levou o projeto de sala de aula pra casa, pro quarto; que não se contentou com os dias de semana e produziu no sábado e no domingo.

Tudo feito com grande vontade de fazer um blog interessante, não só pra quem fosse ler, mas pra nós mesmos, que aprendemos coisas novas só de escolher o nosso próximo destino, já querendo conhecer um pouco mais de lugares que sempre tivemos vontade de conhecer – ou que passamos a querer conhecer por causa desse blog. Foi por causa d’O Bagageiro que eu adicionei alguns países na minha lista de “viagens pra fazer antes de morrer” e eu espero que outras pessoas também, que puderam construir esse blog junto com a nossa equipe.

A vocês que aceitaram embarcar nessa viagem com a gente, muito obrigado! Mas não sumam. A gente ainda pode marcar mais viagens por novos lugares. O Bagageiro sempre estará disposto a encarar novas aventuras.

Até logo.

Anúncios

4 pensamentos sobre “Leitura pra guardar na bagagem e no coração

  1. Eu cheguei até esse blog através de uma pagina do facebook. Inicialmente o que me fez passar para dar uma olhada no blog foi o seu nome,O BAGAGEIRO. Antes mesmos de ler algo escrito aqui , me deparei com alguns pensamentos tais como: o significado do adjetivo Bagageiro. A quele que carrega bagagens. Me deparei pensando no que eu trago na minha bagagem. Lembranças, costumes, lugares, livros, autoconhecimento, sabedoria, sonhos, listas do que quero fazer e de onde quero ir, esses são alguns dos itens que carrego comigo… alguns dos itens eu passo adiante ou troco com as pessoas que conheço ao longo de minha jornadas.. Enfim, Li o texto, gostei e fiquei contente em saber que o blog fala daquilo que de fato eu estava pensando:D. Porém, me bateu uma tristeza em saber que o encontrei logo quando o blog está encerrando as suas atividades. O que me resta agora são os post anteriores que, com certeza, irei lê-los^^.

    • A gente também ficou triste em encerrar o blog, Mhabell. Mas a gente gosta tanto d’O Bagageiro que é bem capaz de um dia a gente voltar a atualizar o blog. Enquanto isso, vai lendo todos os textos que já foram postados porque tem bastante coisa pra leres, rs 🙂

      Obrigado pela visita.

  2. Parabéns pelo premio na Expocom e agora com esse premio na “bagagem” kkk. E a responsabilidade de representar o nosso estado. O importante é competir – mentira-:P VOLTEM COM O PRÊMIO NACIONAL OU OU GUILHO…A sacanagem ou não ??

    mas voltando o que eu dizia vão voltar postar algo novo?
    ou só em outros planos juntamente com a mãe dinah?

    • Valeu mesmo, Bruno. A gente ficou bastante animado de ter ganhado o prêmio e poder ir até Foz representar o nosso estado. Quanto a voltar, a gente tá conversando pra ver a possibilidade de fazer algumas coisas especiais pra vocês, mas pra ter certeza disso, vais ter que ficar ligado no blog e nas nossas redes sociais 😉

Qual tua opinião?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s