Brasil – A roupa que me veste hoje

Como se finaliza uma conversa sobre um assunto? Se estamos em uma discussão em que existem lados com visões diferentes, a conversa acaba quando uma pessoa ou lado convence as outras pessoas inseridas no papo sobre a sua visão. Mas esse é um fim triste, porque a conversa acaba. Como será que acabamos com as conversas sobre política, ou sobre o amor?…Existe uma resposta? Enquanto não existir a tal resposta, as discussões, os assuntos e as teorias ainda serão travadas por todos os lados da história. Com a moda não é diferente.

Na última semana do Bagageiro, escolhi falar sobre moda, sobre nós mesmos, sobre o Brasil, e também sobre mim, o Gustavo Aguiar, que está escrevendo este post, e falando com vocês. Moda, Brasil, eu. Moda, Brasil, você e uma discussão que começa aqui, e termina quando você decidir que acabou. Sim, é uma despedida…

No Pra Vestir a gente mostra coisas interessantes sobre a moda dos outros países, mas quando se trata do Brasil, não dá pra te mostrar o que vestir, porque você, como brasileiro, já sabe muito bem disso, porque consome essa moda. E não precisa ir muito longe pra perceber o que falo. Na festa do réveillon de ontem (Feliz 2014! \o/), o que você vestiu? O que seus amigos, tias tios avós vestiram? Isso é moda brasileira.

Nós somos um povo cheio de diversidade cultural, racial, geográfica, climática e temos que nos adaptar a essas variações. E, sabe de uma coisa? Eu adoro isso! Nunca tive oportunidade de viajar para um lugar frio no Brasil, mas eu nasci em Ourém, uma cidade banhada por um rio, e à noite as temperaturas caíam bastante, então já usei muito blusas de moletom na vida. Hoje, morando em Belém isso não rola facilmente. O jeito é colocar a barriga e pernas pra fora, blusas e  camisetas soltas, regatas, tecido leves, etc, porque mesmo que não estejamos na praia, tá quente pra caramba!

Sobre o mercado da moda, camisetas e camisas fazem muito sucesso por aqui. É muito incrível o quanto cresce  a cada dia o número de sites de camisetas no Brasil, e com estampas Geek em sua maioria. Daí fica muito evidente o quanto nós queremos mostrar a nossa cultura, e a que consumimos por meio das roupas. Um dos sites mais conhecidos é a Camisetaria, com preços que são um pouquinho salgados, mas a qualidade das estampas são muito boas. Eles adooooram misturar referências, e isso até se torna chato, MAS é um tendência.

estampa2

Tipo isso…

estampa1

estampa2

Eu gostei muito dessa. Compraria.

Sobre a moda da alta costura, da arte, o Brasil  ainda é adolescente, mas já fez bonito e faz muita coisa importante pro mundo. Bem, eu já não sei falar muito sobre disso, mas encontrei dois vídeos que discutem a quantas anda a moda brasileira. Mesmo que você, que não consome muita coisa sobre esse estilo da moda, que é mais urbano, vai mudar de opinião sobre essa identidade brasileira da moda.

]

O que nós somos, como vivemos e como decidimos tomar as decisões sobre a nossa vida e sobre o que fazemos com o mundo estão estampas sobre jeans, algodão, couro ou o que estiver te cobrindo, neste momento. A moda te muda e você muda com ela. Não custa nada tentar entender melhor sobre isso, muito mais do que te dizer o que vestir ou se a sua combinação está bonita ou não.

E era essa a discussão que eu queria travar com você: será que como você está se vestindo e o que você procura vestir estão te deixando mais passivo ao mundo? Será que você não deve tomar as rédeas da situação agora, começando pela roupa? Nesse ano, tente viver mais intensamente as oportunidades de mudança, porque assim como o Brasil e a moda brasileira, nós só tendemos a mudar.

A minha relação com a moda está cada dia mais estreita. Isso porque eu decidi começar a criar estampas e roupas, e deixar de consumir as tendências que as lojas de departamento adoram ofertar pra gente. Se vocês ainda quiserem ter mais conversas sobre moda, podem acessar o blog da Antonio Vinagre, a marca de roupa que eu criei. As roupas são destinadas para os caras, mas as minas também podem curtir.

Aqui eu deixo o meu muito obrigado por todo esse tempo que vocês dedicaram a ler esse blog, e à equipe mochileira do Bagageiro que agarrou a ideia com unhas e dente e fez esse blog ser lindo, lido e curtindo por muita gente. Até a próxima, marujos.

Anúncios

Qual tua opinião?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s