Brasil: Do P&B às cores

Pode parecer brincadeira, mas com certeza esse é um dos posts que mais tive dificuldade de escrever. Por que? Porque eu não sei o que eu deveria falar sobre o nosso país, que vocês não saibam e talvez conheçam tão mais que eu, mas também porque esse é meu último post n’O Bagageiro e eu não gosto de despedidas.

yoo baby cryingDeixando meu drama de lado. Provavelmente, o Pra Ver é um dos posts que eu mais gosto de ler e de fazer também, porque eu sou um ser muito visual Então eu decidi que daria algumas dicas de tudo o que eu gosto de ver por aqui pelo Brasil e que eu gostaria que as pessoas conhecessem.

Em 2013, eu tive a chance de trabalhar com uma das coisas que mais tem me interessado desde que entrei na universidade: a fotografia. Não tenho fotógrafos profissionais na família, mas ô pessoal que gosta de flashesConsegui um estágio que me deu algumas oportunidades muito legais de conhecer o trabalho de alguns fotógrafos brasileiros e que me deixaram mais intrigada quanto à fotografia. O primeiro é o fotógrafo, artista visual, químico Eustaquio Neves. Ele é lá de Minas Gerais e o trabalho dele envolve não só a fotografia, mas o processo de revelação em si. Como eu já disse, ele é formado em química e faz várias experimentações para obter alguns efeitos na fotografia. O trabalho que eu mais gosto é uma série chamada Futebol, de 1997, que trabalha com sobreposição de imagens.

eustaquio-neves-01

Acho que gostei muito porque algumas fotos dessa série não parecem ser sobreposições e faz a gente pensar que com a fotografia a gente pode montar um mundo novo feito só por e para nós. Quando conversei com o Eustaquio que por sinal é muito legal! ele falou das várias “técnicas” envolvidas no processo de construção dessas imagens, como escrever, bater com martelo nas fotos e outras coisas a mais pra dar os efeitos que ele gostaria. Interessante, né? Se quiserem dar mais uma olhada no trabalho dele, é só ver essa matéria aqui.

Acho que eu não poderia deixar de falar do trabalho da caríssima Paula Sampaio. Ela também é de Minas Gerais, mas mora em Belém desde 1982 e trabalha como fotojornalista (que é o que eu espero me tornar algum dia!) no jornal “O Liberal”. Esse ano ela lançou um livro intitulado “O Lago do Esquecimento” com fotos do lago e da hidrelétrica de Tucuruí. Mas acho que o trabalho que mais me chamou atenção foi a série “Nós“, indivíduos sem rosto que se misturam com a natureza,  estradas e outras coisas.

9-Santa-Izabel-PA-20041

Deixando a fotografia de lado, desde o ano passado eu tenho feito dança de rua. Sim, muitos pensam que não tem nada a ver comigo, mas acho que nunca me identifiquei tanto com algo assim, tanto que não abandonei. Geralmente, passo 3 meses em algo e depois desisto. A dança tem me mantido não só interessada como tem feito eu me sentir mais saudável e agora, finalmente, meu corpo faz o que meu cérebro manda. Vocês sabem o quanto eu sofro com a minha coordenação motora louca? Mas enfim, não é bem da dança de rua que eu queria falar, mas ela foi um dos fatores pelos quais eu comecei a ter mais contato com graffiti. Além de eu morar numa vila que é toda grafitada, agora a minha mãe está querendo que grafitem o muro da nossa casa. As minhas últimas disciplinas na faculdade têm discutido bastante o tema e acho que é impossível falar de graffiti sem falar d’Os gêmeos. Os brasileiros idênticos que enchem as ruas de São Paulo com suas obras super coloridas e críticas, mas que também estão dando muito orgulho para o Brasil (pelo menos eu acho que estão) com suas obras em outras países.

img_3953

Graffiti feito em Boston, EUA, que geraram algumas polêmicas

Sou super fã do trabalho deles, porque é tudo muito colorido! Olha só essa matéria com eles.

Pra quem se interessou também vale a pena ler essa matéria aqui.

Bom, eu não consegui mostrar tudo o que eu queria pra vocês, acabei dando preferência por aquilo que mais chamou minha atenção nesse último ano. No Brasil tem muita coisa, gente, não sei lidar com isso! Mas enfim, espero que vocês tenham curtido O Bagageiro, ele foi um dos projetos mais legais que já participei e o que falar dessa equipe maravilhosa, hein? Nos vemos em outros projetos!

tumblr_inline_mgsyzvVk8w1rw35mu

Anúncios

Qual tua opinião?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s