Conexão África

E aí, tá aguentando a emoção de ter dois posts hoje? Então te segura aí, porque agora vamos conhecer o nosso país da vez diante da perspectiva de um convidado. Mas primeiramente queria dizer que tô muito feliz por finalmente termos desembarcado no continente africano, afinal, a Mama África não podia ficar de fora da nossa lista. E quando decidimos que o próximo país vinha da minha terra de origem hehe, me senti assim:

Só alegria! Enfim, no primeiro Pra Sentir em terras africanas, a colaboradora da vez é a jornalista Angélica Nunes. A nossa mochileira em meio à visitas ao namorado francês cof cof que estava morando na África do Sul, conheceu o país e ainda passou as festas de fim de ano por lá duas vezes. E é claro que ela voltou cheia de histórias pra contar e algumas dicas para os mochileiros que estão pensando em embarcar para este país.

Conta mais, Angélica!

Turistando no Aeroporto de Joanesburgo assim que chegou na África do Sul

Minha delícia de África, que sofre com a diferença social. As suas belezas se contrastam com pobreza que está em cada esquina. Conhecer o continente africano é viagem enriquecedora e surpreendente. Quando se fala em África, infelizmente muita gente ainda associa a pobreza, Aids e Malária. Mas o continente africano tem belezas encantadoras de tirar o fôlego, além de um povo acolhedor e uma gastronomia simples de dar água na boca.

Tive a oportunidade de passar dois réveillons na África do Sul, o de 2010 e de 2011, e apesar do pouco tempo que fiquei no país, me encantei ao perceber que o que a gente vê na tv é bem diferente do que encontramos por lá. Quer dizer, é claro que existem diferenças sociais gritantes, mas também existe uma beleza que te transporta e te enche os olhos.

Quem viajar para áfrica do Sul, tem que conhecer o Kruger Park, o lugar ideal para conhecer curiosidades do reino animal, fazer um safári e ficar em contato com a natureza.

Quem passar pelo continente não pode deixar de provar a bebida “amarula”, é um licor feito a partir de uma fruta tipica que chama marula. Essa fruta quando digerida em excesso pelos elefantes causa um efeito de embriaguez ao animal, e isso pode ser bem perigoso se você, no meio de um safari, encontrar um elefante bebum. Confesso que fiquei em pânico.

Olha esse dimenor aí que foi inventar de comer marula em excesso

Ok, uma pausa para dar um serviço de utilidade pública, afinal eu conheço muito bem vocês xD

Agora vamos voltar para as aventuras da Angélica:

Além da África do Sul, também conheci Moçambique, lugar onde encontrei gente de toda parte do mundo e praias maravilhosas. Uma África alegre, colorida, com frago ao leite de coco mais saboroso que provei em toda vida.

Angélica e Carl, seu namorado, mostrando que a vida, ela não tá fácil.

Eles dois de novo, fazendo um passeio que parece mais cena de filme.

Sobre a receptividade africana.

A minha dica para quem pretende fazer uma visitinha à África é que não podes deixar de fazer nessa viajem: beber amarula, provar frango no leite de coco, comprar uma roupa de capulana

Angélica fazendo comprinhas cazamigas

…e é claro, fazer tranças no cabelo (elas são super rápidas)!

Gata com suas trancinhas e curtindo a noite em terras africanas

Gostaram das dicas que a nossa mochileira Angélica deu? Se gostaste vai logo guardando os dinheirinhos para viajar e viver essas e outras aventuras. No mais, te espero no próximo sábado com o nosso segundo e último Pra Sentir na África do Sul!

Anúncios

Qual tua opinião?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s