O fantástico mundo irlandês

E eis que chegamos à última, mas não menos importante, dobradinha das Amandas! Pra fechar com chave de ouro, vamos te mostrar o que tem Pra Ver, mas também pra conhecer nas ruas irlandesas durante duas datas que são bem famosas e tradicionais por lá. O Halloween, ou o Dia de Todos os Santos, e o Dia de São Patrício. Abóboras e figurino verde em mãos? Porque nós já estamos prontas!

1503620_559965037419045_789616630_n

St. Patrick’s Day | Dia de São Patrício | Lá Fhéile Pádraig

O nome que escolheres realmente não importa muito, mas a palavra de ordem de todo dia 17 de março é: celebrar!  É bem verdade que o dia tem sido, cada vez mais, comemorado em diferentes partes do mundo, mas a origem dele é todinha irlandesa. Como O Bagageiro também é cultura, eu, a Pinho, te conto um pouco mais dessa história.

irish

Todo mundo é irlandês no dia de São Patrício!

Resumindo uma longa história, o São Patrício teria nascido em uma província romana e levado à Irlanda durante um sequestro. Depois de ter fugido pra França, ele retorna à Ilha Esmeralda para difundir o cristianismo, entre outras coisas, usando o trevo com três folhas, hoje um grande símbolo do país, pra explicar a Santíssima Trindade. Com o passar do tempo, ele foi sendo mais e mais conhecido como o padroeiro do país, hoje, de maioria católica (mais informações aqui e aqui).

St. Patrick's Cathedral devidamente iluminada durante as comemorações de 2013.

A St. Patrick’s Cathedral, devidamente iluminada, durante as comemorações de 2013.

Assim, desde 1903, o dia 17 de março é feriado oficial no país e, pelo que eu pude entender, atualmente ele é um misto de comemorações religiosas e profanas (como o nosso bom e velho Círio). Em 1995 foi criado o St. Patrick’s Festival, uma espécie de entidade que organiza os três dias de festa (eles são irlandeses, minha gente, e um dia pra bebemorar jamais seria suficiente), com atrações que vão de apresentações artísticas, musicais, passeios turísticos por locais e históricos e, claro, visitações às cervejarias locais.

O grande objetivo do St. Patrick’s Festival é, na verdade, promover e divulgar a cultura irlandesa ao mundo o que, convenhamos, tem funcionado. Confere o vídeo com imagens feitas no desfile de 2013:

(Aqui, um outro vídeo bem legal, que busca incentivar o turismo à Irlanda, mostrando alguns números do dia do padroeiro do país. Mesmo em inglês, vale à pena conferir).

Te deixo com algumas fotos do St. Patrick’s desse ano, Pra Veres como a galera comemora o dia pelas ruas de lá (não sei vocês, mas eu já acrescentei Passar um dia 17 de março na Irlanda’ na listinha de ‘Coisas a serem feitas nessa vida’)

Feels good to be irlandês :3

Feels good to be irlandês!

Bandas nacionais e internacionais participam do desfile.

Bandas nacionais e internacionais participam do desfile.

Apresentações, muitas apresentações.

Apresentações, muitas apresentações.

Halloween | Dia das Bruxas

Aposto que todo mundo aqui já se fantasiou nem que seja quando era criança no dia 31 de outubro, conhecido como Dia das Bruxas (Halloween na língua inglesa). Mas vocês fazem ideia de onde surgiu toda essa onda? Então senta que eu vou te contar melhor essa bagaça!

Esta celebração é beeeeem antiga nos países anglo-saxônicos, e tem como base os costumes de povos antigos, sendo que não existem referências de onde surgiram essas celebrações exatamente. A tradição popular é bem forte em países como Estados Unidos, Canadá, Irlanda e Reino Unido. A palavra Halloween tem origem na Igreja Católica, contraída de uma tradição do dia 1 de novembro, o Dia de Todos os Santos. Já na Irlanda Céltica, lá pelas bandas do no século V D.C., o verão oficialmente se concluía em 31 de outubro, conhecido como feriado Samhain, ou o Ano novo Céltico. O Halloween marca o fim oficial do verão e o início do ano-novo.

Reza uma lenda de origem celta que os espíritos que morreram ao longo do ano voltariam no dia do Halloween para possuir os corpos vivos. Sendo essa a única chance de vida após a morte.

E como os vivos não queriam ser possuídos, na noite do dia 31 de outubro eles apagavam as tochas e fogueiras de suas casas para que elas ficassem o mais frias e insuportáveis, e depois se fantasiavam para “assustar” os mortos que por algum motivo estivessem na vizinhança.

O Halloween foi levado para os Estados Unidos em 1840, por imigrantes irlandeses que fugiam da fome pela qual seu país passava e passou ser conhecido como o “Dia das Bruxas”. Ou seja, mesmo que a maioria dos filmes mostre uma cultura fortíssima desta data no território estadunidense, a ideia mesmo foi dos gringos, lindos e ruivos, nossos queridos irlandeses. Então que tal conferir como que eles celebram esta data pelas bandas da Europa? Confere!

É isso, galerinha, o Pra Ver na Irlanda termina aqui e com ele a dobradinha das Amandas.

Esperamos que vocês tenham curtido e que também adicionem este país ao roteiro de viagem de vocês. Nós ficamos por aqui, mas continuem nos amando!

Anúncios

Um pensamento sobre “O fantástico mundo irlandês

Qual tua opinião?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s