Irlandeses nas telinhas, nas telonas ou numa casinha de sapê

E eis que chegamos à nossa penúltima dobradinha das Amandas (*ahhh*) aqui no Pra Ver da Irlanda. Hoje trouxemos alguns rostinhos (bonitos e em sua maioria de olhos azuis) irlandeses, que talvez tu não faças nem ideia que tenham vindo daquelas bandas. Algum palpite?

giphy (5)

Pierce Brosnan

Tu podes até me dizer que não sabias que o cara era irlandês – eu, a Pinho, não sabia –, mas quem não conhece Bond, James Bond, não é mesmo? Pierce atuou em quatro filmes no papel do destemido agente secreto, de 1995 à 2004: 007 – Contra Golden Eye, 007 – O Amanhã nunca morre, 007 – O Mundo não é o bastante e 007 – Um novo dia para morrer. Todos foram sucesso absoluto de bilheteria, e a contratação de Pierce pro papel foi considerada uma grande melhoria ao personagem, entre outras coisas, graças à tamanho charme irlandês.

Bond, James Bond.

– Bond. James Bond.

Uma das exigências do tio Pierce ao aceitar o papel do Bond foi poder atuar em outras produções entre um 007 e outro. Trato feito. Em 1996 ele estreou Marte Ataca! do Tim Burton, e Grey Owl em 1999. Depois da era Bond, ainda mais sucesso: o musical Mamma Mia!, de 2008, que tá em algum lugar no meu (Pinho) top 10 de filmes favoritos, no qual Pierce aparece ao lado da diva-mor Meryl Streep e da também Amanda Seyfried. Em 2010 ele atuou em O Escritor Fantasma, filme também estrelado pelo maravilhoso-com-o-sotaque-mais-lindo-do-mundo Ewan MacGregor.

Mamma mia, hein!

Mamma mia, hein!

Jonathan Rhys Meyer

36 aninhos, 1,74m. O ator, cantor, produtor e modelo (alguém tinha alguma dúvida quanto à isso?) merece uma pausa para admirarmos tamanha beleza. Valendo:

Hugo1

Conheci (e me apaixonei) pelo Jonathan em August Rush – O som do Coração, onde ele interpreta Louis Connelly, mas até ontem não fazia ideia que ele era irlandês. O filme é de 2007, e tenho quase certeza que assisti a primeira vez por causa de algum trabalho de escola. No filme, Meyer canta e interpreta, e o Freddie (o gurizinho que aparece no gif abaixo) ainda é uma criança que, resumidamente, procura seus pais através da música (sim, sou fascinada por musicais).

august rush

Atualmente, o belíssimo aí está ainda mais belo no papel de Drácula, série que estreou esse ano na NBC (ainda tá no sexto episódio) e conta a história do vampirão chegando à Inglaterra. Contudo, todavia, entretanto, falar de Jonathan Rhys Meyer é falar de The Tudors. A série, de produção irlandesa e canadense, teve quatro temporadas, de 2007 à 2010, todas filmadas na Irlanda, e é baseada na história do Rei Henrique VIII, durante a Dinastia Tudor.

the tudors

Como O Bagageiro preza pela boa informação e eu não cheguei a acompanhar a série (quem mandou não ser musical), trouxemos duas especialista no assunto pra vocês: 

Inglaterra, século XVI. Depois de uma terrível batalha sangrenta entre primos, a dinastia Tudor se consolida no poder. Retratada a partir de seu monarca mais famoso, Henrique VIII, a série The Tudors mostra como é o ambiente palaciano em que se vivia, com intrigas e buscas pelo poder. Pra quem gosta de saber como era a vida nesse século, é uma boa pedida para se ver, pois os atores dessa série tentam retratá-la de acordo com o que se vivia antigamente. Um rei que chega novo ao poder, sem uma preparação básica pra um líder, toma as rédeas de uma grande potência que era a Inglaterra. Aproveitando da situação, muitos (e muitas) aparecem pra ganhar as graças de um governante despreparado, que com o tempo vai firmando as suas decisões que afetarão o futuro do país. Pra quem é um historiador convicto, a série contém bastantes erros históricos, mas praqueles que desejam apenas conhecer um pouco dessa era, a série é uma boa pedida para se ver (Melissa Borges, 17, futura estudante de Relações Internacionais na PUC-GO, e viajante por natureza)

Devo confessar que sou extremamente suspeita para falar sobre séries de época, mas antes de tudo fiquem sabendo que essa série (em suas quatro temporadas) agradou bastante, em especial àqueles que realmente curtem história. Vale a pena assistir porque é uma encantadora dramatização sobre o que aconteceu no reinado do monarca Henrique VIII (interpretado pelo ator Jonathan Rhys Meyers), que foi o Rei mais absolutista de toda a Inglaterra. Rompeu com a Igreja Católica e colocou-se acima de qualquer lei, vivendo vários conflitos além de casar-se diversas vezes, um Rei que apesar de tirano teve uma história marcante. Mas não é só isso: filmada na Irlanda a série é maravilhosa esteticamente, com cenário e figurinos belíssimos e um roteiro que cria um suspense do início ao fim. Pena que não houve continuidade da série, onde poderíamos saber mais sobre a história dos sucessores do Rei. Todas as temporadas são cheias de emoção e veracidade, recomendo (Vivianny Santos, 17, caloura em Administração, e amante de ficção e fantasia).

Harry Potter

Eu (Campelo) me assustei com a quantidade de atores irlandeses que estão no elenco de Harry Potter. Quer dizer, não sou super fã da saga, mas acho que mesmo os fãs não têm noção do tanto de atores irlandeses que compõe a trama. Mas pro post de hoje achei interessante destacar dois:

Evana Lynch

Evanna Patricia Lynch nasceu em 16 de agosto de 1991 na pequena cidade de Termonfeckin, localizada no condado de Louth. É atriz e modelo e ficou conhecida por interpretar Luna Lovegood em quatro filmes da série Harry Potter (Harry Potter e a Ordem da Fênix, Harry Potter e o Enigma do Príncipe, Harry Potter e as Relíquias da Morte: Parte 1 e Harry Potter e as Relíquias da Morte: Parte 2.).

Como a maioria das pessoas da minha idade, Evanna começou a ler Harry Potter quando criança e se tornou uma grande fã da série. Mas ela foi mais longe e escreveu cartas para a J. K. Rowling, pedindo para participar do elenco de algum filme da saga, mesmo sem acreditar que poderia ser escolhida porque Evanna achava que morava no fim de mundo.

A amizade por correspondência com a autora de livros da série acabou se tornando uma grande terapia para a atriz quando ela estava no hospital, pois sofria de anorexia no ano de 2003. Três anos depois, Lynch foi descoberta por agentes em uma seleção de elenco para o papel de Luna Lovegood, e depois de disputar o papel com 15 mil garotas e encarar um teste em tela com o ator Daniel Radcliffe, Evanna Lynch foi a escolhida para interpretar Luna. E ela só tinha 14 anos.

Antes de integrar o elenco de Harry Potter, a iniciante atriz irlandesa só havia participado de peças escolares, mas com sua interpretação em Harry Potter e o Enigma do Príncipe, o sexto filme da série Potter, foi indicada ao Scream Award e ao Young Artist Award, mas não conquistou os prêmios. Michael Dwyer, do The Irish Times, a classificou como a melhor atriz irlandesa de 2009. Olha que chique!

Richard Harris

Richard St. John Harris, nasceu em Limericke e faleceu há 11 anos atrás em Londres. Foi ator, diretor teatral, cantor, compositor e escritor. Talvez tu nem fazias ideia de que ele era multifuncional, mas certamente sabias que ele interpretou o Professor Albus Dumbledore em Harry Potter e a Pedra Filosofal e em Harry Potter e a Câmara Secreta. Mas além dos filmes da saga de J. K. Rowling, ele também fez outras atuações marcantes em filmes como Um Homem Chamado CavaloTerra da DiscórdiaCamelot, Cromwell, Os Imperdoáveis e Gladiador.

E aí, já conhecias estes rostinhos bonitos? Algum te surpreendeu ou os olhos mega azuis denunciaram a origem dessas estrelas? Se tem algum famoso que deixamos de fora é só comentar xD Ah, e não te esquece que quinta-feira tem o nosso último post ~dobradinha das Amandas~ no Pra Ver. Até lá!

Anúncios

Um pensamento sobre “Irlandeses nas telinhas, nas telonas ou numa casinha de sapê

  1. Pingback: A arte de se vestir pra colorir a vida | O Bagageiro

Qual tua opinião?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s