O Bagageiro aporta na terra dos santos e sábios (e dos bêbados)

O próximo país é uma república que foi emancipada há menos de 100 anos, e à base de muito trabalho e sangue. A gente sabe disso porque tá no conteúdo de história e geografia do vestibular e os caras do U2 cantam pra gente (Sunday Bloody Sunday). O nosso país é a Irlanda! Sim, eles são educados, ricos, finos e estudados. IDH e PIB altíssimos, são brancos (e ruivos) e adoram um pub aberto. Durante as próximas duas semanas, a Irlanda vai ser explorada por nós, mochileiros do Bagageiro.

Tem alguma coisa de errada com o mundo. A gente dá todas as dicas mais fáceis e vocês nunca acertam! Tava na cara que o nosso país era a Irlanda. Mas tudo bem, vocês ainda vão ter chance de ganhar esse brinde que tá quase sendo encoberto por teias de aranha, hahaha. A Irlanda é um país encantador, e tem-se muito o que explorar. Assim como a Escócia, a Irlanda foi colonizada pelos ingleses lá por volta de 400 anos d.C., e só conseguiu emancipação no século passado.

É um país majoritariamente católico, tanto que o feriado nacional é o dia de Saint Patrick (ou São Patrício), 17 de março, que foi quem introduziu o catolicismo nas 4 principais províncias que compunham a ilha da Irlanda: Leinster, Ulster, Connacht e Munster. Ele é responsável também por um dos maiores símbolos do país: o trevo de três folhas, que reza a lenda ser uma alusão à santíssima trindade. Hoje, o norte da ilha, a Irlanda do Norte, é território inglês, e parte do noroeste tem pouca população por causa da emigração para os EUA e alguns países europeus.  Outro símbolo do estado é a harpa, que está estampada na bandeira do presidente.

Dá uma olhada nesse vídeo que mostra como os irlandeses da capital Dublin comemoram o dia de São Patrício, que aliás, virou uma manifestação cultural de vários países do resto do globo.

[youtube http://www.youtube.com/watch?feature=player_detailpage&v=6nO79X5sUng]

Depois disso, aprende a comemorar o dia de St. Patrick como um verdadeiro irlandês. Capriche no verde, nos trevos e vale se vestir de leprechaun, sempre, claro. Vocês devem ter notado no vídeo que os irlandeses também adoram uma breja. Mas gente, eles bebem tanto, que os líderes foram obrigados a aplicar uma lei em que todos os estabelecimentos que vendem brejas devem fechas às 2h30 da manhã.  Isso é explicado pela cultura de frequentar os pubs (public houses), que são bares onde as pessoas se encontram para conversar, tomar cerveja e ouvir música. Nesses pubs podemos encontrar os caras mais craics. Calma que eu explico. Craic é um tipo de estado de espírito irlandês que transborda felicidade e alegria. Esse sentimento é muito bem provocado pela cerveja mais famosa de lá, a Guiness.

Olha a harpinha símbolo do estado irlandês bem ali no centro.

Eu particularmente adorei a Irlanda só de ter dado uma mordida nesse tira-gosto que é o Pra Começar. Durante duas semanas a gente vai te trazer mais da cultura desses caras super craics, educados e de bem com a vida. Pinte seu rosto com um trevo de três folhas, pegue sua barba ruiva, sua cerveja preta e venha conhecer a Irlanda com O Bagageiro.

Anúncios

2 pensamentos sobre “O Bagageiro aporta na terra dos santos e sábios (e dos bêbados)

  1. Pingback: Turisteiro, o que temos pra fazer na Irlanda? | O Bagageiro

  2. Pingback: Terra da diversidade e da igualdade: bem-vindos à África do Sul! | O Bagageiro

Qual tua opinião?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s