Um pouco de arte e de humor canadense

A semana acabou de começar e O Bagageiro continua a te trazer um pouco mais da cultura do Canadá, o segundo destino do blog. Hoje, a minha missão é mostrar alguns dos muitos lugares bonitos que existem por lá e que com certeza vão fazer um bem danado pros teus olhos e ouvidos e mente e coração e corpo inteiro.

Michael concorda comigo.

Arte canadense

Viajantes de plantão sabem que conhecer um pouco da história do lugar é sempre importante, antes e durante a viagem. Por isso museus e galerias são paradas obrigatórias. E a Galeria de Arte de Ontario é uma visita indispensável pra quem resolve conhecer o país. Também conhecida simplesmente como AGO, a galeria é uma das maiores da América do Norte. São mais de 80 mil obras no seu acervo permanente, algumas delas tão raras e antigas que datam de 100 AC. Obras de artistas canadenses, assim como europeus, estão guardadas na galeria, que também recebe exposições de vários artistas do mundo inteiro. Fundada em 1900, a AGO recebeu mais de 600 mil visitas entre 2011 e 2012.

A própria galeria pode ser chamada de uma obra de arte, devido a sua arquitetura. Seu espaço físico foi expandido em 2008 pelo arquiteto canadense Frank Gehry. Essa expansão custou ~apenas~ 276 milhões de dólares canadenses, mas o resultado é tão encantador quanto as obras em exposição na própria galeria.

Fachada da AGO

mais arquiterua ponto com ponto br

Escadas feitos por Frank Gehry. Foto encontrada no maisarquitetura.com.br.

Uma das maiores bibliotecas de arte está na AGO. Mais de 165 mil volumes de livros, jornais e catálogos sobre arte americana e europeia estão disponíveis ao público – só precisa marcar visita com pelo menos 48 horas de antecedência. A galeria funciona de terça a domingo, de 10h as 17h30, e é o lugar certo para os amantes de história e de arte que visitarem o país.

Riso canadense

Foto encontrada no midnightpoutine.com

Foto encontrada no midnightpoutine.com

Pra quem tá mais interessado numa programação mais ~animada~, o festival Just For Laughs (ou Juste pour rire) pode ser uma boa pedida. É na cidade de Montreal, todo mês de julho, que acontece o maior festival de comédia do mundo. Tudo começou em 1983, quando Gilbert Rozon fundou o Montreal Comedy Central Festival, onde apenas comediantes e artistas falantes de francês participavam. Mas logo o festival começou a se expandir, a aceitar artistas que falassem inglês e hoje as ruas de Montreal são palco de vários eventos de humor, indo desde o tradicional stand-up com artistas renomados e em ascensão a performances ao ar livre.

As ruas de Montreal ficam lotadas, como dá pra ver nessa foto do destination360.com

As ruas de Montreal ficam lotadas, como dá pra ver nessa foto do destination360.com

Mais do que apenas fazer o público rir, o festival é também um lançador de tendências e novos nomes do mundo do humor, recebendo agentes, produtores e caçadores de talentos atrás de novidades para o mercado internacional da comédia. O Just For Laughs é tão grande que outras edições menores também acontecem em outros lugares, como Toronto, Florida e Chicago. Sem falar que algumas emissoras de TV canadenses, como a CBC Television, The Comedy Network e TVA, transmitem os destaques de cada edição do festival.

Digam oi pro Victor, o mascote do festival.

Digam oi pro Victor, o mascote do festival.

Inclusive, a url do site deles é algo pelo qual muitos comediantes dariam um braço pra ter: www.hahaha.com. No site, tu podes encontrar as programações das edições anteriores e muitos vídeos de stand-up dos milhares de comediantes que já estiverem no palco do Just For Laughs. E caso entendas francês, o canal deles no Youtube tem uns vídeos bem legais com os shows e os bastidores do festival.

Espero que tenhas gostado das dicas, mas se ainda não foi suficiente, não precisa se preocupar que O Bagageiro ainda vai ter mostrar muita coisa legal do Canadá até o final da semana. Caso tenha alguma coisa que tu achas indispensável da gente mostrar pro resto do povo, podes deixar aí nos comentários ou mandar pelo Twitter ou Facebook que a gente promete levar em consideração ao pensar na próxima pauta, tá?

Anúncios

Um pensamento sobre “Um pouco de arte e de humor canadense

  1. Pingback: Quem será a próxima vítima agora? | O Bagageiro

Qual tua opinião?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s