Sessão pipoca na Austrália

Provavelmente, você já deve ter assistido o romance “Austrália” com os belíssimos atores australianos Hugh Wolverine Jackman e Nicole Kidman ou a comédia “Crocodilo Dundee”, que são aqueles filmes clássicos quando pensamos na país dos cangurus. Mas, e aí? Como é essa Austrália que você imagina?

Hoje, o Bagageiro veio trazer uma dica pra sua próxima sessão pipoca. O filme “Rabit-Proof fence” (no Brasil: Geração Roubada) foi baseado no livro de Doris Pilkington Garimara e conta a história de Molly, uma menina de 14 anos, que é mestiça (o pai é branco e trabalhador na obra da cerca para conter os coelhos, e a mãe é aborígene).

rabbit_proof_fence

Nesta época, por volta de 1931, a miscigenação era um crime  e, por isso, a mãe de Molly é morta e a menina é levada embora. O mesmo aconteceu com várias outras crianças que foram retiradas de suas famílias. O desenrolar do filme vai contar como a garota, junto de sua irmã mais nova e sua prima, fogem do campo do governo australiano, criado pra treinar mulheres aborígenes pra trabalhar como empregadas domésticas, pra que elas fossem “integradas” à sociedade branca.

O filme foi o segundo mais assistido na Austrália, em 2002, e gerou vários comentários e críticas devido ao tabu, que existe ainda hoje com relação aos aborígenes. Então vale a pena conferir!

É importante saber um pouquinho da história australiana pra entender o cenário que o filme retrata.

Conhecendo um pouco sobre os aborígenes

Os aborígenes são a população nativa da Austrália e possuem a pele negra, como os africanos. E assim como no Brasil, essa população nativa, quando foi colonizada, sofreu com massacres, racismo, doenças e leis que os excluíam da sociedade. Devido ao preconceito, o que restou a esses povos foram os trabalhos que não necessitavam de qualificação ou, ainda, os colonizadores que gostavam de caçá-los por puro prazer. Logo, esses nativos começaram a viver à margem dessa população branca. Parece até contraditório pensar que a amigável Austrália, que recebe tão bem seus visitantes, pudesse ter sido tão preconceituosa. Mas ainda hoje, infelizmente, essa população aborígene não está totalmente inclusa.

(Aqui para saber mais sobre o povos aborígenes)

Contudo, atualmente, o governo da Austrália tem tentado reverter esta situação criando políticas compensatórias para integrar esses povos nativos à sociedade a partir de projetos de preservação da tradição das tribos restantes, e a criação de uma lei antidiscriminação. Essa é a Austrália legal que a gente conhece!

Anúncios

2 pensamentos sobre “Sessão pipoca na Austrália

Qual tua opinião?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s