Sobre conquistar a Oceania e um segundo continente à sua escolha

giphy

Estudante de Jornalismo, recém chegada de um intercâmbio de um ano, lá longe, na terra dos cangurus, a proposta d’O Bagageiro me caiu como uma luva. Apesar de já estar levemente jurássica na graduação de Comunicação Social, e ter uma relação até amigável com as redes sociais da vida, confesso que essa é minha primeira experiência no mundo dos blogs.

Foi por conta de uma paixão antiga, a língua inglesa, que a tal paraense que nunca tinha nem se quer entrado em um avião, arrumou malas e cuias com destino à Austrália. Entre outras incontáveis ambições, maiores ou menores, um dos objetivos do intercâmbio era reacender aquela paixão adormecida e desgastada pelo Jornalismo, no melhor estilo “casal em crise”. Além de ter cumprido a missão quase impossível de voltar para o Brasil em lua de mel com o curso e a profissão que escolhi, foi durante esse ano na Austrália que descobri minha terceira paixão: viajar.

Foi nesse período que o mundo se mostrou, como sugere o programa do qual participei, realmente, sem fronteiras. Doze meses, dois continentes, cinco países, incontáveis cidades, portos, estradas, quilômetros rodados, aeroportos, bilhetes de embarque, moedas, línguas e sotaques. Uma das partes mais difícil do intercâmbio – e você pode perguntar isso pra qualquer intercambista – é a volta. Mas já que estou aqui, monotematicamente alugando o ouvido dos pobres amigos, colegas, parentes e desconhecidos sobre todas essas coisas legais que vi e vivi, por que não compartilhar toda essa bagagem extra, que companhia aérea nenhuma me cobrou, com quem mais estiver interessado?

Além de poder contar um pouco das minhas peripécias do outro lado do mundo, a grande sacada d’O Bagageiro é mostrar a cultura e falar de música, TV, cinema, fotografia, literatura e moda de outros países, sem que nós, meros estudantes de Comunicação Social da Universidade Federal do Pará, necessariamente sejamos retirados do conforto da nossa casa para tanto. É daqui mesmo, da sala de aula ou da sala de estar, que vamos, mais uma vez – e agora juntos –, descobrir esse mundão incrível e o que de mais legal ele tem pra mostrar.

Anúncios

Um pensamento sobre “Sobre conquistar a Oceania e um segundo continente à sua escolha

  1. Pingback: Amando a Irlanda | O Bagageiro

Qual tua opinião?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s